Culinária Internacional em São Paulo

Do fufu nigeriano ao poutine canadense; do bibimbap coreano às burekas do Leste Europeu. Talvez você queira um kebab de cordeiro à moda turca ou um completo smörgåsbord sueco. E tapas espanhóis? Pode ser um delicioso naan assado em um tradicional forno de barro indiano. Saltenhas bolivianas, pizzas gregas ou um eisbein grelhadinho?

Graças aos diversos imigrantes que são parte de nossa cidade, aqui em São Paulo encontramos uma imensa diversidade culinária.

Se você tem curiosidade de experimentar algo diferente, mas nem imaginava a variedade que temos aqui, montei uma lista com restaurantes que oferecem sabores do mundo afora. Pode dar um Ctrl+f e digitar o nome do país que você procura e clicar no nome do restaurante para ser direcionado ao site oficial ou página do Facebook. São quase 50 países diferentes. Não incluí restaurantes italianos ou japoneses porque já são muito comuns e conhecidos.

ALEMANHA    Zur Alten Mühle    Zur Laterne    Schnapshaus    Konstanz

ARGENTINA   Parilla Argentina    Martín Fierro

ARMÊNIA        Yeran    Esfiharia Effendi

AUSTRÁLIA      Aus Burger     Up Food Truck

ÁUSTRIA          Caverna Bugre

BÉLGICA          Chez Vous    Delirium Café

BOLÍVIA           Rincon La Llajta

BÓSNIA E HERZEGOVINA          Tchevap

BULGÁRIA       Casa Búlgara

bureka

Bureka de Queijo Búlgaro – Foto: Casa Búlgara/Facebook

CAMARÕES     Biyou’Z   – também há pratos de Senegal, Angola, Congo, Nigéria e Tanzânia

CANADÁ          Canuck’s Poutinerie

CHILE               El Guatón

CHINA              Chi Fu

COLÔMBIA     Sabores de Mi Tierra

CONGO             Congolinária

CORÉIA           Dare     BiCol    Seok Joung    K’Pop Chicken     Bomjur

CUBA               Havana Punto

EGITO              Khan El Khalili

ESPANHA      Don Curro   Almodóvar    La Alambra    Exquisito    Sancho

EUA                 Wendy’s (coloquei aqui só porque é “novidade” em SP)

FRANÇA        Allez, Allez    Le Jazz Brasserie    L’Entrecôte de Paris

GRÉCIA         Acrópoles    Gioconda Heleniká Pizza Grega    Myk

HAVAÍ           Pokee

HUNGRIA     Mignon Chárika     Doceria Húngara

ÍNDIA            Tandoor     Bawarchi    Gopala Hari

INGLATERRA   Camdem House

* Não me lembro o nome do restaurante, mas na esquina das ruas Souza Lima x Vitorino Carmilo, na Barra Funda, o inglês sr. Stephane tem um pequeno restaurante/rotisserie. Há diversos tipos de comida, mas ele vende algumas tortas e bolos que são típicos da Inglaterra.

IRà                Amigo do Rei

amigo-do-rei

Kuku-e Shebet va Bagali, feito de favas verdes e endro. Foto: Amigo do Rei/Facebook

IRLANDA     O’Malley’s     All Black Irish Pub

ISRAEL         Adi Shoshi Delishop     Nur

LÍBANO        Halim     Saj     Casa Lins

LITUÂNIA   Delícias Mil Rotisserie

MARROCOS   Tanger     Banarabi

MÉXICO       Mexicaníssimo     Yucatán

NOVA ZELÂNDIA     Kia Ora

PERU            Riconcito Peruano    La Mar Cebicheria Peruana    Killa Culinária Andina

PALESTINA  Al Janaiah

POLÔNIA    Maria Escaleira 

polones

Foto: Maria Escaleira/Facebook

PORTUGAL  Ora Pois     Casa Portuguesa     Tasca da Esquina     Casa Mathilde

SÍRIA            Talal Culinária Síria     Ogarett

SUÉCIA        Svanen – fica em uma Associação Escandinava: culinária também da Finlândia, Noruega, Dinamarca e Islândia 

SUÍÇA          Florina

TAILÂNDIA     Namga     Tian

TURQUIA    Kebab Salonu     Firin Salonu     Lahmajun

URUGUAI   El Tranvía

VIETNà      Pho 366    Miss Saigon

vietnamita

Chả giò – Foto Miss Saigon/Facebook

==== PARA ENCOMENDAS ====

RÚSSIA       Nostrôvia         

VENEZUELA   Don Arepa

==== FEIRAS ====

Feira do Leste Europeu – Realizada uma vez por mês na Vila Zelina, concentração de imigrantes da região. Tem artesanato e gastronomia da Bulgária, Croácia, Eslováquia, Hungria, Lituânia, Polônia, República Tcheca, Rússia e Ucrânia.

Feira Kankuta – Festival de cultura boliviana com dança, artesanato e comida. Realizada todos os domingos.

Festival Árabe do Brás – Realizado todos os finais de semana, a feira tem como intuito promover a cultura árabe e ceder espaço para que refugiados possam vender arte e comida. O site oficial está com problemas e não consegui mais informações atualizadas sobre a feira.

Sugestões? Deixe nos comentários!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s