Xian

A maioria de nós automaticamente associa “Xian” com “Guerreiros de Terracota”. Mas a relação não é tão simples assim. A cidade tem mais de 3.000 anos de história – já foi capital da China e teve um importante papel na rota da seda. Hoje, é uma cidade moderna e cosmopolita: é fácil encontrar chineses que falam muito bem o inglês e também famosas lojas de grife ocidentais em Xian. Até restaurantes como a pizzaria americana Papa John’s dominam o centro da cidade.  Podemos assim sentir claramente a influência que a cultura ocidental teve na região nas últimas décadas. Mas vamos ao que interessa: como chegamos e o que fizemos em Xian.

DE ZHANGYE A XIAN

Saindo de Zhangye, fizemos todo o caminho de volta a Lanzhou: pegamos o trem na estação Zhangye West com direação à estação Lanzhou West. O valor do ticket foi de aproximadamente US$30. Da estação de Lanzhou pegamos um táxi até o aeroporto – mais ¥200. E de Lanzhou pegamos o avião a Xian (perdi o preço da passagem!) A viagem entre as duas cidades é de aproximadamente uma hora.

Xian é uma das cidades mais procuradas pelos turistas. Com certeza você não terá dificuldades em encontrar um voo ou um trem para chegar lá.

O HOSTEL

Shuyuan International Party Hostel foi o melhor hostel que ficamos nesta viagem. Fica em frente à Fortificação de Xian, bem próximo à estação de metrô, o atendimento foi ótimo e o café da manhã tem frutas, pães (que não são adocicados ou com feijão vermelho). Ao chegar eles já te dão um ticket para trocar por uma cerveja no bar que fica no subsolo.

O QUE FAZER

Nós tínhamos pouco tempo para explorar Xian. Escolhemos ficar dois dias e o foco mesmo era o Museu de Terracota, mas depois de passear pela cidade, nos arrependemos de não ter separado mais tempo para ficar por lá. Se possível, não cometa este mesmo erro.

Ao chegar no aeroporto de Xian, fomos abordados por uma empresa que presta serviços de transporte, dentro do próprio aeroporto eles já arrumam tudo. Por um preço equivalente a uns R$100,00 por pessoa, fechamos um passeio até o Museu e depois ele nos levou em diversos outros pontos da cidade e nos levou depois ao hostel.

Fechar este passeio valeu a pena porque nós estávamos muito cansados da viagem de Zhangye até Xian e porque como eu já disse, nós não tínhamos muito tempo na cidade.

GUERREIROS DE TERRACOTA

Antigamente alguns guerreiros eram sacrificados quando um Imperador morria para que pudessem o proteger na vida após a morte, segundo as crenças chinesas. Os Guerreiros de Terracota foram esculpidos para serem enterrados junto com o primeiro Imperador Qin e acabaram substituindo os guerreiros de carne e osso (ainda bem). Mais de 700.000 artistas e trabalhadores construíram o complexo que contempla o exército e o túmulo do Imperador. Em cada guerreiro foi gravado o nome do artista que o criou, para que pudessem rastrear qualquer erro que pudesse ter sido cometido. Talvez seja por isso que o nível de detalhes das esculturas seja tão impressionante!

No museu, prepare-se para disputar lugar com muitas, muitas pessoas. Foi um dos lugares mais movimentados que visitamos na China.

Atenção: Não compre nada dentro do Museu Qin, mesmo que você seja abordado por ambulantes que querem vender miniaturas numa caixa. Geralmente eles colocam o preço inicial lá em cima, depois vão abaixando até dizer que vendem a caixa com 5 peças por ¥50. Mas do lado de fora a mesma caixa é vendida por ¥20. No museu há uma lojinha, mas os preços são bem salgados. Caso queira economizar, espere até sair. Há uma rua inteira cheia de souvenirs à venda.

r1skyk

Imitando os Guerreiros de Terracota

FORTIFICAÇÕES DE XIAN

Construída no século XIV para proteger a cidade, a fortificação de Xian está muito bem preservada. Possui 14km que podem ser percorridos a pé ou por bicicleta. Há parques do lado de fora da fortificação que são muito bonitos e onde podemos observar as famílias chinesas simplesmente no seu tempo para relaxar.

nsvtqo

Fortificação de Xian

TORRE DO SINO E TORRE DO TAMBOR

A torre do sino marca o centro geográfico de antigas capitais. A torre do tambor era usada para alarmar a população em caso de emergências. Elas são chamadas de “torres irmãs” e realmente não ficam distantes uma da outra. É possível entrar para visitar porém o horário visita é bem restrito. Se informe com antecedência para não tentar chegar lá após o horário.

pvbgdt

Torre do Sino

OUTRAS ATRAÇÕES

Próximo à região das torres, você pode ter como referência o Templo Daci’en, onde um dos cartões postais de Xian se encontra: o Pagode do Grande Ganso Selvagem. Na área ao seu redor, há diversas praças e jardins que foram projetados para mostrar o espírito cultural da Dinastia Tang – informações da China Travel Guide. Toda a área pode ser explorada e você vai encontrar muitas obras interessantes!

Na cidade há também o Museu de Shaanxi que conta um pouco da história da China e da região que Xian se encontra, além de diversos outros templos e parques. Opções não faltam para quem estiver disposto a explorar Xian.

This slideshow requires JavaScript.

Depois de conhecer um pouco da história de Xian a próxima parada foi, um dos melhores destinos que já pude visitar e que é muito desconhecido para quem é de fora da China: Zhangjiajie. Até o próximo post!