Lista 7 – Manias dos Usuários de Facebook

Se antigamente apenas a convivência poderia revelar algumas de nossas mais profundas manias, hoje elas se tornam facilmente expostas no mundo virtual. O Facebook e outras redes sociais são meios por onde vemos as manias de algumas pessoas – conseguimos visualizar determinados padrões de postagens e reações. Eu por exemplo, tenho mania de postar piadas infames principalmente relacionadas a futebol. Com certeza essa “mania” deve incomodar um pouco algumas pessoas que não tem interesse nenhum nesse tema. Mas partindo do princípio que “o Facebook é meu e eu posto o que eu quiser”, relacionei algumas manias típicas dos usuários da rede social. Você com certeza pode observar isso com seus contatos também:

#7 – Fazer comentários que não se relacionam com o tema do post

Você posta uma notícia, uma foto ou qualquer outra coisa e vem uma notificação.  O comentário diz algo do tipo: “E aí sua irmã está bem? Diz que preciso falar com ela!”. Mas OI? Que que tem  isso a ver com o que eu postei, minha gente? Não é mais fácil mandar uma mensagem particular pra saber como eu e minha família estamos? Eu hein…

#6 – Postar fotos de crianças doentes e animais maltratados

Não, você não está ajudando as crianças. O Facebook não doa alguns centavos por compartilhamento. E se você pegar fotos de pessoas maltratando animais, envie aos órgãos competentes ou para um jornalista que pode fazer uma matéria de impacto. É bem desagradável você ver certos tipos de imagens, e tem pessoas que são bem sensíveis a isso.

#5 – Selfies

Os famosos autorretratos, tirados no espelho ou não, fazendo duck face ou não muitas vezes inundam nossas linhas do tempo. Alguns chegam a escrever o que consideram “frases motivacionais” nas legendas. Tudo bem você gostar desse tipo de foto, mas é desnecessário postar na hora de sair de casa, na hora que chega no local trabalho ou estudos, na hora do almoço, na hora do intervalo, na hora da academia, da manicure, na hora que chega em casa e finalmente na hora que vai dormir, mandando um “boa noite faces”. Sério, para com isso enquanto você não é expulso da sala onde está fazendo o ENEM porque não conseguiu conter seu vício de postar fotos o dia inteiro.

#4 – Postar fotos de comida

Não estou falando da minha amiga Layês que faz a coisa profissionalmente e de vez em quando compartilha com a gente as experiências dela. To falando de quem fica o dia inteiro colocando foto de comida no Instagram / Facebook. Comer uma comida diferentona e querer mostrar de vez em quando, beleza. Mas tem Facebook que mais parece cardápio. O engraçado é que ninguém tira foto do arroz com feijão e ovo frito que come em casa. E outra, quantas pessoas em dieta colocamos em tentação com essas fotos de comida? hahahahahahah

#3 – Compartilhamentos de 2 em 2 minutos

Um dos tipos mais comuns de manias dos usuários do Facebook, pelo menos aqui no Brasil, é compartilhar a cada 2 minutos piadinhas de páginas como “Vem Rir No Face”. Isso deveras realmente polui MUITO a linha do tempo. O pior de tudo é que geralmente são aquelas piadas velhas ou que já vimos em diversas outras páginas (já que uma copia a piada da outra).

#2 – Comentários revoltados que mostram falta de informação

Em plena era da desinformação muita gente aceita a primeira coisa que vê pela frente e divulga sem pesquisar se aquilo é verdade ou não ou até para obter um esclarecimento da questão, precipitando em se indignar contra algumas coisas que não são do jeito que estão apresentadas.  Um exemplo clássico: você já deve ter visto alguém compartilhar uma imagem sobre o auxílio-reclusão,  com uns dizeres “trabalhamos para sustentar vagabundos, absurdo!” – geralmente a pessoa que compartilha coloca letras garrafais para demostrar o quão revoltada ela está com aquela situação, mããããss… quem entra no site da Previdência pra ver como funciona o auxílio-reclusão sabe que é muito diferente do que dizem como é pela internet. Antes de acreditar em qualquer coisa que postam no Facebook,  procure saber do que realmente se trata!

#1 – Reclamações

É muito comum o uso do Facebook para canalizar coisas negativas. É normal fazer um desabafo de vez em quando (desde que não seja nada muito íntimo e tal), mas algumas pessoas tomam por hábito reclamar todos os dias de coisas cotidianas: frio, calor, chuva, trânsito, transporte público lotado, cansaço, chororô porque alguma coisa não deu certo ou que simplesmente o dia foi uma droga. Se você perguntar pra ela por que foi uma droga, vai ouvir algum motivo muito pequeno. A verdade é que a pessoa se torna tão negativa que suga o positivismo de quem lê seus posts. Às vezes, basta mudar o ângulo que você vê as coisas, agradecer mais pelo que tem em vez de reclamar e reclamar e uma nova perspectiva brilha deixando seu dia muito mais leve! Seja menos negativo 😉

Nem falei sobre as indiretas, porque é hors concours – não compete porque é a campeã absoluta! E você, já reparou em alguma outra mania dos usuários da rede social? =)

Atualização: atendendo aos pedidos de alguns amigos, vamos aos bônus:

– Comentar “lindo/linda” em qualquer foto

A mania é tanta de falar lindo ou linda em qualquer foto que a gente nem sabe mais quando o comentário é verdadeiro ou não. Mas a gente sabe que na maior parte das vezes é pela amizade… Já faz um tempo que um gringo comentou comigo que tinha reparado nessa mania dos brasileiros e que ele achava muito estranho, porque se não tá linda é melhor não dizer nada!

– Comentários cotidianos desnecessários

Fazer posts dizendo “vou ali e já volto”, “ain, caiu um cisco no meu olho” ou “estou indo ao banheiro” não agregam valor ao camarote!

– Indiretas indicando a procura de um namorado(a)

Se você precisa de um companheiro(a), não é escrevendo posts que demonstram sua carência que vai você vai encontrar alguém. Pelo contrário: isso queima seu filme e em vez de atrair acaba afastando as pessoas. A maioria pensa “eu hein, olha fulano se oferecendo no Facebook”.

– Mau uso de hashtags

As hashtags começaram no Twitter e agora são mania no Instagram e no Facebook (mesmo na época que não dava para utilizar hashtags). O que poderia ser uma ferramenta útil acabou se tornando uma forma de chamar atenção principalmente para si mesmo nas fotos selfies e nos compartilhamentos de 2 em 2 minutos, quando os usuários usam 437 hashtags porque fazem questão de mostrar o que estão fazendo e querem que os demais comentem. Por um mundo onde as pessoas utilizem melhor as hashtags! #ficadica #prontofalei #xatiada #bff  #roletadaindireta #saidae #parei #partiu

Como disse minha amiga Milena, a pergunta que fica é quem nunca fez alguma coisa listada acima? Que atire a primeira pedra então!