Barcelona

Comentei com alguns madrileños que eu gostaria muito de ir à Barcelona. “O que você vai fazer lá? Não tem nada de legal pra fazer!” foram as respostas que eu ouvi. Mas não se surpreenda, a rivalidade entre madrilenos e catalães vai muito além da rivalidade no futebol. Não se deixe levar por esse tipo de opinião. O lindo mar azul turquesa e a arquitetura modernista única fazem de Barcelona, a capital da Catalunha, um destino extremamente marcante.

De Madrid a Barcelona

O AVE (trem-bala espanhol) faz o percurso Madrid-Barcelona em 2:30h. Mas se você optar por esse meio, prepare o bolso. As passagens do AVE custam muito caro. Já de avião, o trajeto dura 45min e custa metade do preço ou às vezes menos.

Fui por uma companhia low-cost espahola chamada Vueling. É uma excelente companhia, o atendimento é ótimo e não tive nenhum problema nos meus voos.

Em Barcelona

No aeroporto, peguei um mapa da cidade e das linhas de metrô. Tem uma estação no aeroporto, o que facilita para ir até o centro. Comprei um bilhete de metrô válido por 24h e assim comecei a caminhada por Barcelona.

ONDE IR

EL GÒTIC

Com influência Romana, o Bairro Gótico no centro de Barcelona concentra antigos edifícios utilizados hoje para fins administrativos, como a Casa de la Ciutat (prefeitura), o Parlamento da Catalunha e o Palau de la Generalitat (Palácio do Governador da Catalunha), além de praças e igrejas históricas. Perca-se pelas suas estreitas ruas e encontre diversas construções medievais e góticas.

ATENÇÃO: CUIDADO COM AS CIGANAS QUE FICAM PELO BAIRRO GÓTICO PEDINDO UMA MOEDA QUALQUER POR UMA FLOR TÍPICA DA ESPANHA! ELAS SÓ QUEREM TE DISTRAIR PRA TE ROUBAR DE ALGUMA FORMA! INOCENTE SÓ NA CARA… NÃO CAIA NO PAPO MOLE DELAS!

 

Casa Millà, La Pedrera

OBRAS DE ANTONI GAUDÍ (Patrimônio Mundial UNESCO)

Palácio Güell

O Palácio Güell serviu como residência da família de Eusebi Güell, o famoso conde de Güell. Hoje o local é aberto ao público como museu.

Site Oficial: http://palauguell.cat/

Como chegar: estação Drassanes / Liceu

Parque Güell

O parque antigamente pertencia à residência particular do conde Güell, que encomendou encomendou o projeto de Gaudí. A Casa-Museu de Gaudí não foi feito por ele, mas tudo do interior sim. Um destaque do parque é a Sala das Cem Colunas, que consiste em um grande salão sustentado por 84 pilares tortos.

Site Oficial: http://www.parkguell.cat/

Como chegar: estação Lesseps

Casa Milà

A Casa Milà (também conhecida como La Pedrera), pertence ao Quadrat d’Or, que significa “Quadrado de Ouro”, uma área que abriga os mais bonitos edifícios modernistas da cidade.

Site Oficial: http://www.lapedrera.com/en/home

Como chegar: estação Diagonal

Casa Vicens

O até então inexperiente Gaudí projetou esta residência encomendada por Manuel Vicens, dono de fábrica de tijolos e azulejos. Chegar lá dá um pouquinho mais de trabalho pois não está próximo ao metrô, mas vale a pena observar esta obra, a primeira obra de Gaudí que realmente ganhou destaque. Aliás, atualmente ela está à venda. Quer comprar?

Site Oficial: http://www.casavicens.es/

Como chegar: ônibus 27 ou 32. Endereço: Carrer Carolines, 18

Sagrada Família

Gaudí pegou a obra em andamento e foi improvisando. Apenas uma torre estava pronta quando ele faleceu e até hoje a obra não foi concluída. Feita com a intenção de ser realmente diferente e original, A Sagrada Família atrai muitos visitantes e a fila para comprar ingressos e entrar é simplesmente gigantesca. Compre seu ingresso pela internet ou chegue muito cedo para evitar a multidão.

Site Oficial: http://www.sagradafamilia.cat/

Como chegar: estação Sagrada Família

Casa Battló

Encomendada por Josep Battló, a casa é conhecida como Casa dos Ossos por causa de sua fachada externa que lembra um crânio. A casa fica na “Illa de la Discòrdia“, um quarteirão onde encontramos quatro famosas casas modernistas e que faz parte do já mencionado “Quadrat d’Or“. É aberta a visitas.

Site Oficial: http://www.casabatllo.es/

Como chegar: estação Passeig de Gràcia

MONTJUÏC

A colina de Montjuïc proporciona uma belíssima vista da cidade de Barcelona. Você pode pegar um bondinho para ir até o topo onde há também o Castelo de Montjuïc. Além disso, no Parque de Montjuïc há um conjunto de atrações: jardim botânico, o complexo esportivo onde foram realizadas as Olimpíadas de 1992. Confira a programação, muitas vezes são realizados shows no Parque.

Cada atração tem seu site oficial, mas você pode acessar o site Barcelona Turisme que fala sobre cada uma.

Para chegar lá: desça na estação Paral-lel e pegue o funicular. Você vai sair no Parque onde fica a bilheteria do bondinho (cable car) que vai até o topo da montanha.

Castelo de Montjuïc

 

Vista do Castelo

FUNDACIÓ JOAN MIRÓ

Iluminado por luz natural, o edifício moderno de Josep Lluis Sert, amigo de Miró, abriga diversas obras do artista, como esculturas, pinturas e tapeçarias. Há apresentações e exibições no museu, bem como uma biblioteca sobre arte contemporânea. Fica no Parc de Montjuïc.

Site Oficial: http://www.fundaciomiro-bcn.org/

Como chegar: estação Espanya ou Paral-lel, depois ônibus 50 ou 55

MUSEU PICASSO

A coleção de mais de 3.000 obras do artista doadas por seu amigo Jaime Sabartes e depois pelo próprio Picasso está instalada em 5 palácios. Além da coleção, há exposições temporárias. Confira a programação. Recomendo a compra antecipada de ingressos por ser um lugar muito procurado.

Site Oficial: http://www.museupicasso.bcn.cat/

Como chegar: Estação Jaume I

CAMP NOU EXPERIENCE

Quer conhecer o estádio de um dos times mais famosos do mundo? Ver o campo onde o Messi faz vários gols e onde o Bayern dá show? (hahaha toma, Barcelona! tá, parei!)

Caso não consiga ir a um jogo, está aí a solução: http://www.fcbarcelona.com/camp-nou

Você tem acesso ao museu do clube, vestiários, sala de imprensa, e aquela papagaiada toda que você só conhece em uma visita assim.

Sinceramente, achei o Santiago Bernabéu muito mais legal!

Como chegar: estação Collblanc

Camp Nou Experience

 

TIBIDABO

A montanha possui este nome que vem do latim tibi dabo significando “eu lhe darei”, uma referência à passagem bíblica que mostra Satanás tentando Cristo quando o levou a uma montanha e ofereceu o mundo inteiro em troca de um ato de adoração.

Em Tibidabo, há o Parc d’Atraccions, o parque de diversões mais antigo da cidade, o Museu d’Automates (Museu de Robôs) e o Temple Expiatori del Sagrat Cor (Igreja do Sagrado Coração).

Tibidabo Sky Walk é uma área onde você pode ter uma vista panorâmica da cidade. Vicky Cristina Barcelona, filme de Woody Allen, foi filmado aqui.

Site Oficial: http://www.tibidabo.es/

Como chegar: estação Avda Tibidabo, depois pegue o Tramvia Blau (trem azul) e funicular ou TibiBus na Plaça Catalunya

PRAIAS

Eu vi o mar, mas não fui à praia. Se você pretende ir à praia, tem uma matéria bem legal no Viagem Mundo:

http://viagemmundo.com.br/guia-das-praias-de-barcelona/

 

E assim meu primeiro mochilão pela Europa chegou ao fim.  A bagagem voltou muito mais cheia – não só com as compras que fiz na Espanha, mas com conhecimento, experiências e novas amizades. Todo mundo deveria fazer isso pelo menos uma vez na vida. E agora já tenho novos posts para escrever sobre o segundo mochilão que foi no leste europeu. Em breve todas as dicas estarão aqui! Até mais o/

Advertisements